É preciso saber ouvir

23/08/2011 22:56

 

É preciso saber ouvir


"Não é bastante ter ouvidos para se ouvir o que é dito. 
É preciso também que haja silêncio dentro da alma". (Alberto Caeiro)

O mercado exige que sejamos bons ouvintes; pensando assim, devemos ter toda cautela quando o outro conversar com a gente. Hoje, saber ouvir é uma necessidade de extrema importância que muito contribui no que tange à ascensão em sua carreira profissional.

Em razão disso, torna-se importante salientar que quando estamos frente a um diálogo temos que fazê-lo olho no olho. Dar atenção a quem menciona a palavra é de grande valia neste mercado onde todos desejam ter vez e voz; assim, ouça-o com atenção até o fim, mesmo que a idéia exposta pelo outro não esteja em conformidade com a sua. Saiba que o ato de ser atencioso faz parte de uma boa educação. Pensando assim, não interrompa o outro em meio à fala. Seja paciente, permitindo que o outro exponha todas as suas idéias, seus pontos de vista; enquanto isso, exercite o silêncio, mantenha a atenção no outro que fala, demonstre ser receptivo e educado.

Nesse sentido, é primordial notar que, ao ouvir, devemos ficar atentos ao que o outro fala; isso para podermos compreender muito bem a mensagem, evitando dessa forma quaisquer distorções; assim, evite todo e qualquer desvio de atenção e saiba que não devemos nos preocupar com a resposta, por enquanto. Primeiramente, o que devemos fazer é o exercício da compreensão; portanto, precisamos, neste primeiro momento, dar a devida atenção a quem nos fala.

Diante disso, no momento em que você estiver ouvindo o interlocutor, demonstre alta concentração, respeito, atenção e maturidade no que tange ao assunto tratado; ouça-o com paciência, isso favorece para que o outro se sinta valorizado; deixe a conversa fluir sem nenhuma interrupção, procurando respeitar a sua opinião.

Realço, ainda, ser essencial e de extremo valor, que, depois de ter ouvido o interlocutor e antes de dar a sua opinião e/ou sugestão, você exponha com clareza o que ouviu, com a finalidade de certificar se a mensagem foi realmente compreendida. Somente após ter constatado tal compreensão, é que você irá fazer os devidos comentários, dar a sua opinião e/ou sugestão. Entenda que neste momento de resposta, você estará avaliando a fala e não a pessoa. Agindo assim, você estará, em muito, contribuindo para evitar futuros transtornos que poderiam surgir dentro da organização.

Seguindo essa tendência, torna-se necessário deixar bem claro que devemos ter todo um cuidado especial com nosso tom de voz; lembre-se de que podemos falar a mesma frase com tons diferenciados e que às vezes tudo poderá vir a ser perdido devido a um tom de voz mal colocado! Assim, procure ter equilíbrio no tom de sua voz, pois ele influencia  muito na comunicação; pense muito bem não somente no que você tem a dizer, mas preste, também, muita atenção na entonação de sua voz, pois o seu tom de voz poderá fazer toda a diferença.

É preciso repensar no que se refere a linguagem de nosso corpo. Lembre-se que ele não dorme no ponto; em todo instante está "falando", e às vezes você nem percebe; logo, atenção com as expressões de seu corpo, seu corpo fala por você o tempo todo; tenha sempre uma atenção redobrada com as expressões faciais, pois elas estão exteriorizando o que vem de seu interior; elas não somente corroboram para que você fique com rugas em seu rosto, corroboram também para dificultar uma comunicação respeitosa; o eco de seus gritos e gemidos podem, frequentemente, atrapalhar negócios, relacionamentos e até mesmo provocar reações violentas em seu interlocutor! É preciso que estejamos atentos e conscientes a esses aspectos!

O melhor a fazer é aprender a ouvir a sua voz interior, verificar se ainda existe dentro de você sentimentos negativos, como raiva, rancor, inquietações, angústias, anseios, melancolias, tristezas, desafetos, dissabores, mágoas, e outros que porventura possa existir dentro de seu ser! Procure resolvê-los sem perda de tempo! Além de provocar doenças e rugas no rosto, provocam também rugas na alma; logo, após resolve-los, sua expressão ficará mais leve e encantadora, fazendo brotar a simpatia que existe dentro de seu ser, quebrando as barreiras e derrubando as muralhas que impedem que você seja educado, que impedem que saiba ouvir e realizar um bom diálogo, um bom convívio, enfim que o impedem de crescer.

É igualmente importante que, em um diálogo, você esteja sempre mencionando o nome do interlocutor. Todo ser humano gosta muito de ouvir o seu próprio nome; logo, se sente mais valorizado.

Frise-se, por oportuno, que grandes líderes são mais do que incentivadores para seus colaboradores, são ótimos ouvintes, pois são considerados fontes de inspiração, uma vez que inspiram a ação nas pessoas em sua volta; por sua vez, uma das maneiras mais eficazes de incentivar é fazer com que o colaborador sinta que é parte do negócio, pois, assim, terá perspectiva de crescimento, e como conseqüência, maior comprometimento com suas funções e envolvimento com todo o processo; no entanto, é preciso saber ouvi-lo, deixá-lo participar e valorizá-lo para que este se sinta parte de todo o processo organizacional.

Por fim, concluímos afirmando que é preciso pensar e repensar sobre a nossa práxis organizacional, e nesse contexto, saber ouvir é de suma importância. O que se verifica é que seus colaboradores sempre desejam ser ouvidos; assim, lembre-se o quanto você pode contribuir com o desenvolvimento e/ou crescimento da organização ouvindo-os. Aprenda a valorizar esse precioso momento. Escute com atenção, desde o porteiro até o diretor, não faça distinção de ninguém dentro da organização!. Lembre-se que todos têm o seu devido valor, todos são pessoas talentosas, inteligentes, recheadas de conhecimentos e habilidades; logo, capazes de alavancar  e/ou naufragar toda e qualquer organização.

Autor: Marizete Furbino

Radio Eterna Gratidão

Enquete

Ouvir a Nossa Programação da Radio Gospel em Site de Estudos Ajuda ou Atrapalha?

Ajuda (86)
Atrapalha (30)

Total de votos: 116

Seja solidário, compre em nossa Loja Virtual, e ajude missionários na Thailandia!